sábado, 12 de janeiro de 2013

LEI LUCIANO HUCK

 Luciano Huck contrata escritório da mulher de Cabral e ganha de presente decreto do governador que libera sua casa em Angra. 
Mais um caso escandaloso envolve o governador Sérgio Cabral e sua mulher Adriana Ancelmo. É mais uma situação em que um cliente do escritório de sua mulher é beneficiado pelo governador Sérgio Cabral.
Desta vez envolve o apresentador da TV GLOBO, Luciano Huck. O artista tem uma mansão em Angra dos Reis , que foi construída de forma irregular e por isso responde processo movido pela prefeitura do município. 
Luciano Huck foi multado em R$ 50 mil pela Secretaria de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro (SEA), por irregularidades em obras que ele realizou em Angra dos Reis, a 114 km da capital fluminense. O apresentador tem casa no local.
A multa se aplicou por duas intervenções no terreno: a construção de um muro com cerca de 10 metros e de diques para fazer uma praia artificial. O apresentador também recebeu uma multa de R$ 40 mil reais, a qual Luciano foi condenado a pagar pela Justiça Federal, por conta de ter colocado boias para delimitar espaços marítimos ao redor da casa-segundo informações as bóias ao redor da ilha, são meios para a criação de camarões. 





 
QUANTO MELHORES AS CONDIÇÕES FINANCEIRAS MELHORES SÃO AS CONDIÇÕES DE  PROCURAR SOLUÇÕES QUE VENHAM AO ENCONTRO DE NOVOS MEIOS DE CONSTRUÇÃO E NÃO TOMANDO POSSE DE UMA PEQUENA ILHA QUE DEVERIA SER DE TODOS, E DE MODO ALGUM FAZENDO DELA UMA COLÔNIAS.
Além do casal de apresentadores a mansão já hospedou célebres artistas dentre eles o ex-casal Ashton Kutcher e Demi Moore. Mas é de bom senso saber que não podemos criminalizar os ricos, para muitos esta seria a propriedade dos sonhos. Todavia nós devemos criminalizar a posse das ilhas do nosso litoral criando um ecossistema frágil e muitas vezes de áreas pequenas, aonde se torna mais fácil a aquisição e  criação de aparatos voltadas ao interesse do dono da ilha, como a construão de decks, barragens, desmatamento pois as construções a serem erguidas são casas de alto luxo e a destruição da nossa memória uma vez que estas áreas tem seu cenário modificado por colossos de concreto, madeira e dinheiro
Luciano Huck contratou o escritório de advocacia da mulher de Sérgio Cabral e ?coincidentemente?, o governador assinou um decreto que liberou as construções em Angra dos Reis e na Ilha Grande.

O decreto de Cabral é uma aberração tão grande, que ambientalistas o apelidaram de ?Lei Luciano Huck?,porque beneficiou o apresentador.
Hoje, o jornal Estado de S.Paulo publica a denúncia gravíssima. Mais uma denúncia que envolve negócios particulares da mulher de Sérgio Cabral com decisões tomadas pelo governador, que beneficiaram os clientes da esposa. Os jornais do Rio continuam ignorando o assunto.

O Ministério Público, estranhamente, diante de tantas evidências, denúncias e fatos comprovados, até agora não se manifestou. Os deputados vão pedir uma CPI para apurar a situação do Metrô, que é cliente da mulher de Cabral e teve sua concessão prorrogada por mais 20 anos pelo governador.
 
AGORA, COMEÇA A SE ENTENDER POR QUE O ESCRITÓRIO DA MULHER ADRIANA ANCELMO CRESCEU TANTO,DESDE QUE O SEU MARIDO SÉRGIO CABRAL ASSUMIU O GOVERNO. QUEM PRECISA DE CONTRATOS, DE DECRETOS, DE AUTORIZAÇÕES DO GOVERNADOR ENCONTROU O MELHOR CAMINHO, QUE VEM SENDO CONTRATAR O ESCRITÓRIO DE SUA MULHER.
DECRETO DE CABRAL FAVORECE 1ª DAMA E HUCK
O apresentador da Globo, Luciano Huck, teria sido beneficiado por um decreto editado pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB), que alterava a legislação da Área de Proteção Ambiental (APA) de Tamoios, na Baía de Ilha Grande. O apresentador, alvo de ação civil pública movida pelo município de Angra dos Reis em outubro de 2007 por supostos danos ambientais e construções irregulares em sua casa de veraneio, é representado pelo escritório de direito do qual é sócia a primeira-dama do estado fluminense, Adriana Ancelmo Cabral. A medida, cuja constitucionalidade é questionada no Supremo Tribunal Federal (STF) pela Procuradoria-Geral da República, beneficiaria proprietários de residências consideradas irregulares na região – caso de Huck e sua casa na Ilha das Palmeiras. Ambientalistas contrários às mudanças determinadas por Cabral se referem ao decreto como “Lei Luciano Huck”. Com informações do blog do Noblat.

por Felipe Nunes Weager.
Fonte:http://www.fabianojacob.com.br/2011/08/programa-fantastico-protege-luciano-huck-assim-como-governador-sergio-cabral-ja-fez/
Fonte:http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=126381 
 Fonte:http://www.abril.com.br/noticias/brasil/mulher-cabral-ajuda-tirar-casa-huck-irregularidade-529359.shtml 

Nenhum comentário: